Nossa Capa

01/09/2002

A SANTA CASA DE MEDICINA DE SÃO PAULO E A REABILITAÇÃO

Prof. Dr. Sergio Lianza - Editor





A Revista Medicina de Reabilitação ao atingir sua 60ª Edição, firma-se sem dúvida como um órgão de divulgação científica dos mais importantes dentro da Especialidade, por sua representatividade, abrangência e regularidade na difusão de conceitos de diagnóstico e tratamento de moléstias incapacitantes.

A escolha da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo como motivo para a capa desta edição comemorativa, significa o justo reconhecimento do papel desta Instituição no desenvolvimento da Medicina de Reabilitação.

Em julho de 1931 ao ser fundado o Pavilhão Fernandinho Simonsen, sede do Departamento de Ortopedia da Santa Casa de São Paulo, já contava com uma pequena unidade para recuperação física de pacientes incapacitados por doenças do aparelho locomotor.

A visão e a sensibilidade do inesquecível Prof. Hungria Filho, ampliou os horizontes ao estimular a criação do Serviço de Reabilitação, o qual em 1975 foi organizado em um amplo prédio anexo ao Departamento de Ortopedia, onde o atendimento a incapacidades teve suas bases no trabalho interdisciplinar e na disciplina do conhecimento científico.

Nestes últimos 27 anos o Serviço de Reabilitação da Santa Casa esteve presente em todos os movimentos de desenvolvimento desta área do conhecimento, sendo reconhecidamente o líder nos seus mais importantes acontecimentos, tais como na Edição do primeiro tratado de Reabilitação em língua portuguesa, obra que esta atualmente em sua 3ª edição e na qual foi apresentada, caracterizada e delimitada a área de atuação do médico na recuperação funcional da Incapacidade.

A representatividade política deste serviço pode ser expressa pela quase ininterrupta atuação como sede das Sociedades Paulista, Brasileira e Latino Americana de Reabilitação e como tal funcionando órgão catalizador nas medidas que buscam atender os anseios dos pacientes e dos profissionais da Saúde responsáveis pelos procedimentos reabilitativos.

A iniciativa pioneira e bem sucedida da inclusão da Disciplina Medicina de Reabilitação no currículo de Graduação da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa, foi seguida pela criação dos cursos de Pós Graduação "sensu-lato", nas áreas de Fisioterapia e Terapia Ocupacional.

Nos dias de hoje o Serviço de Reabilitação da Santa Casa presta atendimento especializado a todos Departamentos do Hospital, através de uma equipe de cerca de 300 profissionais, entre professores, especializandos e alunos, trabalhando no desenvolvimento da fase hospitalar da Reabilitação.

No ano de 2002 foi criado o Grupo de Reabilitação Pediátrico sendo esta a mais nova contribuição deste Serviço à assistência, pesquisa e ensino.

Por todas estas razões, a Revista Medicina de Reabilitação presta sua homenagem ao Serviço de Reabilitação da Santa Casa e se sente homenageada ao expor na capa de seu Nº 60, imagens desta magnífica Instituição.

 

Voltar